quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Crítica.

Franz Ferdinand - Tonight: Franz Ferdinand.


por Marlon Marques.




















Tonight: FF, é um disco grande, mas não um grande disco. Não chega a ser ótimo, mas é muito bom. O disco segue a tônica do rock dançante. O Franz Ferdinand continua nesse disco contagiando, por conta de boas canções e pelo carisma/arrogante de Alex Kapranos, mas mais ainda por sua voz. Guitarras fortes, se misturam com batidas simples e marcantes, servindo de tapete vermelho por onde desfila a voz de Alex. O disco é todo cheio de suingue e flertes com a dance, mas uma dance como a do Daft Punk e do New Order. Uma dance agradável de apelo pop inquestionável. O disco segue uma medida á régua, entre uma repetitividade pontual e a cativação simples. O mérito é esse, não ser enjoativo mesmo tendo 12 faixas de tamanho médio. Não são todas dignas de boas notas, mas todas merecem destaque por esse quesito outrora destacado. Esse Tonight, FF é o terceiro disco da carreira desses escoceses de Glasgow, sendo os dois últimos [ou os dois primeiros] também bons discos, sem serem excelentes. Dentro dessa onda de novas bandas de rock ou de rock moderno, o Franz Ferdinand é o que me soa mais verdadeiro. Esse disco é todo climático, no sentido de criar climas de algo. São climas de festa, como na ótima “Cant´t Stop Feeling”, uma das melhores faixas do disco. Batidas prêt-à-porter, glamour e modernidade. Essa música lembra muito uma passarela de desfile, muitas mulheres bonitas, trajes diferentes, flashes, e o som do Franz Ferdinand ao fundo. Outro clima é o cool da música “The Vaguest Of Feeling”. Lembra bastante a cena Clubber dos anos noventa, um ar decadentista, fim de noite. O disco é de certa forma bastante experimental, por utilizar viagens, eletrônica e pop dançante. É um mistura boa e ao mesmo tempo uma aposta corajosa. E deu certo. Tonight, Franz Ferdinand já está rendendo um turnê muito bem sucedida, boa exposição nas mídias musicais mundo a fora, além da crítica ter gostado do disco. A tão falada modernidade que cito aparece mais claramente em “Lucid Dreams”. Uma canção forte, com uma batida arrastada, pantanosa e um vocal intenso de Kapranos. A música muda de ritmos constantemente, contrastando com a monótona [mas não ruim] “Katherine Kiss Me”. “Live Alone” com seu baixo funk e sua pegada programa Amaury Jr. é uma das mais “luminosas” de todo o disco. Cheia de gritinhos, sobrepostos aos vocais sóbrios de Kapranos, a música sofre a intervenção de efeitos e se reinventa a cada acorde. “Turn It On” é compassada, altiva e cheia de nuances e insinuações lascivas, é canção do disco para depois da noite. “No You Girls” é o hit do álbum. Uma das músicas de trabalho da banda e porque não, chiclete. O refrão é tão agradável e bem feito – tudo isso fora o solo curto de guitarra – que não há como não sair cantarolando no saguão do aeroporto, no hall do elevador ou na copa tomando café. Ela começa meio densa, tentando nos hipnotizar e consegue. Depois cai no dançante, com um certo estilo, diria até um estilo bastante refinado. Outra pérola do disco é "Send Him Away". Parece música de cassino, mas não é. Kaprano canta de forma suave, essa canção comandada por uma guitarra ao fundo serpenteante, com uma batida seca e objetiva. A canção chegua até ser alegre em certos momento, e no final ainda tem um "sambinha escocês", uma batidinha militar e um jogo de para/continua e palmas. Se isso não for moderno, é no mínimo inusitado. Bom, Tonight, Franz Ferdinand é isso, um bom disco de rock dançante e moderno, que desbanca de lavada tudo o que é aclamado pela mídia por aí. E isso é uma prova de que mesmo esse não sendo um ótimo disco, é mesmo assim extremamente superior ao que se faz hoje e se chama "rock", então é mesmo sinal de que a doença é mais grave do que percebemos.o do aeroporto, no hall do elevador, na copa tomando cafonorritmica apranos. te. entes, flashes, e o som do Franz Ferdinand ao































Franz Ferdinand - Tonight: Franz Ferdinand [Domino/Sony, 2009].

download.

























.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Páginas visitadas

Melhores Postagens