sexta-feira, 18 de setembro de 2009


Crítica.

dEUS - Vantage Point.


por Marlon Marques.


























Embora o dEUS seja uma banda belga, o som é muito parecido com britpop. Algumas incursões instrumentais aqui, outras ali, os colocam muito próximos do ótimo Pulp. A sonoridade diversa é um dos grandes trunfos desse Vantage Point. O disco tem uma capa linda, um desenho feito à grafite mostrando guardas numa revista, onde os abordados estão no chão fazendo um número oito. dEUS é uma banda um tanto obscura, não aparecem muito na mídia, mas há seus apreciadores no underground, sobretudo europeu e americano. Seus integrantes colocam em sua música uma energia e uma vibração que lembram por certos momentos, Pixies e Franz Ferdinand respectivamente. dEUS flerta com a eletrônica em muitos momentos, anunciando um futuro onde esses elementos são de fato indispensáveis. Mas há belas melodias de guitarra como em “Is A Robot”, e boas amostras de pop, “Popular Culture”. Essa é límpida e belamente executada, enquanto que “Smokers Reflect” segue uma linha parecida. Calma, com cadência lenta, Tom Barman declama a letra de forma clara e transparente, a sonoridade nos envolve como uma névoa espessa. “The Architect” é puro Franz Ferdnand, realmente igual. Porém não dá pra dizer quem influenciou quem, apesar de no meu palpite pessoal achar que o dEUS é quem os influenciou [o FF]. “Slow” também segue essa linha eletrônico/dançante, enquanto que “When She Comes Down” aposta em bases melódicas baixas, dedilhados delicados e pés no psicodelismo sessentista e no pós-punk oitentista. Entretanto é em “The Vanishing Of Maria Schneider” que o dEUS se mostra de fato, um som arrastado nos moldes do Jesus And Mary Chain, vocal mórbido/consciente, e instrumental perfeito, emocionante. A música é arrebatadora, cresce conforme os segundos vão se passando, ganhando uma profundidade com cordas e o rufar dos pratos de ataque [sutilmente]. Um piano aparece de surpresa e rouba a cena, para Barman dizer que “nós todos somos passageiros no tempo e no espaço”, e que as coisas belas da vida passam com o tempo, o mesmo tempo que faz nossa vida passar num instante tão rápido quanto a duração de um disco de uma banda de rock.




























dEUS - Vantage Point [V2 UK/Zoom, 2008].

download.



















.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Páginas visitadas

Melhores Postagens