domingo, 11 de abril de 2010


Artigo.

Perdidos no espaço – resistência, compromisso e mercado.



por Marlon Marques.





















Sempre me interessei pelos resultados dos estilhaços das bandas. Bandas são como estrelas, quando morrem sempre resultão em algo. Podem ser belas supernovas, ou tenebrosos buracos-negros. A estrela morta há que me refiro é a banda Luscious Jackson. Essa banda é formada por meninas muito talentosas, e tanto talento assim acabou resultando em projetos ora paralelos, ora fixos de belíssimo gosto. O Kostars é um desse projetos, mas esse será tema de um outro artigo. Vivian Trimble (ex-Kostars), vocalista e tecladista juntou-se com Josephine Wiggs (ex-The Breeders), para criar um novo projeto: Dusty Trails. A minha empolgação com o disco do Kostars, fez-me ir como louco atrás do debult do Dusty Trails. O disco homônimo foi lançado em 2000, divido entre canções cantadas e instrumentais, logo aguçou-me o espírito em ouvi-lo. Dia desses li em alguma edição perdida da Show Bizz do final dos anos 90, referências sobre os projetos das meninas do Luscious Jackson. A pequena nota apenas citou o Dusty Trails, não dizendo nada sobre sua sonoridade. O que fiz então, pus-me a procurar no Google. A Wikipédia possui um verbete em inglês sobre o projeto, mas carente de maiores informações. E só. A capa do disco aparece em apenas quatro sites: mp3.com, rateyourmusic.com, answers.com e planetmellotron.com. Entretanto nada de resenha. É isso que lamento muito no atual momento da crítica musical no mundo, a falta de resenhistas. O jornalismo rock agoniza após longo ocaso (que dura até hoje) de grandes publicações como NME e Melody Maker. Até mesmo quem ouviu o disco, nada disse. O sistema de compartilhar na internet não se restringe apenas a músicas, mas também a informações. Há bandas popularíssimas, que sempre estão na grande mídia e do qual sempre temos muitas informações, mas há bandas que não possuem o mesmo espaço e é aí que entra o papel dos blogs. Os blogs são mídias alternativas, feitas (muitas vezes) por quem se enche de ler as notícias dos grandes veículos com seus interesses. Recentemente publiquei um disco do dEUS no blog, com link e resenha. Fiz também um grande favor as pessoas de bom gosto, postei Electronic, que tornou-se um dos mais baixados do blog. Postei o disco porque eu também o procurei muito, por anos e nunca o achava em lugar nenhum. Isso está acontecendo com o Dusty Trails. Procurei, procurei e procurei! Procurei até cansar, até a última das trinta e seis páginas que o Google me ofereceu. Conclui que ninguém tem o disco. O disco simplesmente não está disponível na rede. Recorri ao Orkut. No site de relacionamentos, não existem comunidades do Dusty Trails, nas comunidades do Luscious Jackson só há menções discretas sobre os projetos. Deixei até recados para pessoas que nunca vi na vida, gente da Espanha, dos Estados Unidos e até do Japão, na esperança de que tenham o disco. Até hoje não tive nenhuma resposta. Ninguém se sensibilizou com minha busca incessante pelo disco. O mesmo aconteceu com o disco Emoticons da banda Ben & Jason. O procurei por muitos anos, até que um dia o achei. Eu não desisto e acredito que um dia alguém em algum lugar do mundo irá disponibilizá-lo. Quando isso acontecer eu o baixarei e com certeza escreverei minhas impressões sobre o disco e o deixarei a disposição para download. Os blogs sérios não entram em disputas ególatras por audiência ou qualquer outra coisa. Os blogs sérios se comprometem em ser alternativas com conteúdo para dar vazão ao que sentimos falta, música de qualidade resenhada com algum estilo. É só julgar pela Rollingstone, reserva um pequeno canto de página para o Fábio Massari, o cara que inova no estilo e sempre traz informação e coisas boas para ouvir-mos. Esse tipo de jornalismo está ficando cada vez mais raro, mas sempre que houver alguém disposto a fazer contraponto aos “merchans”, bons discos, discos esquecidos, vozes silenciadas terão algum espaço no mar imenso que é a internet.





































































.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Páginas visitadas

Melhores Postagens